terça-feira, 21 de setembro de 2010

Desperta, antes que o azeite acabe...


Em Mateus 25:1-13 fala sobre a parábola das 10 virgens que, tomando as suas lâmpadas, saíram a encontrar-se com o noivo. Cinco dentre elas eram néscias, e cinco, prudentes. As néscias, ao tomarem as suas lâmpadas, não levaram azeite consigo; no entanto, as prudentes, além das lâmpadas, levaram azeite nas vasilhas.

O noivo porém, demorava a chegar, e foram todas tomadas de sono e adormeceram. Derrepente, no meio da noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! Então, se levantaram todas aquelas virgens e prepararam as suas lâmpadas.

Aconteceu porém que as néscias já não tinham mais azeite o suficiente, e suas lâmpadas começaram a se apagar. Tiveram então que sair para comprar mais azeite. E, saindo elas para comprar, chegou o noivo, e as que estavam apercebidas entraram com ele para as bodas; e fechou-se a porta. Quando as néscias voltaram, já era tarde demais, a porta já estava fechada, e foram proibidas de entrar.

Naquele tempo era comum as moças saírem para esperar o noivo na porta da casa do pai dele, enquanto ele saía para buscar a noiva. As moças, convidadas, tinham como costume levar uma lamparina, para iluminar os noivos


Aquelas 5 que foram imprudentes
talvez foram motivas pela emoção, e a ansiedade, pensaram apenas naquele momento, não se preocupando com o por vir.

As outras 5 virgens eram cautelosas, prudentes. Elas conseguiram pensar no amanhã e foram esperar o noivo previnidas. A lâmpada delas não ficaria apagada, ainda que o noivo demorasse.

Trazendo para os dias de hoje, a luz representa a nossa comunhão com o Senhor. E o azeite, nosso combustível para que a luz brilhe. Para nossa comunhão com o Senhor, precisamos manter constante uma vida de oração, fé, amor, jejum, louvor...

Podemos até ter uma comunhão momentânea, porém, se não abastecermos nossas lâmpadas com o óleo da unção, com a intimidade com o Senhor, chegará o momento em que a nossa luz se apagará.

É interessante observar que as 10 esperavam pelo noivo. As 10 foram ao encontro do noivo. Porém, apenas 5 estavam prontas de verdade.

Toda noiva se prepara. Cuida de encontrar o vestido mais belo, maquiagem, grinalda, véu, acessórios, perfumes... e por aí vai. A noiva de Cristo também precisa se preparar, se adornar com as vestes reais.

Efésios 5:27 “Para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.”

Jesus voltará para buscar a sua noiva / igreja, e precisamos estar preparados.

É preciso buscarmos a presença dEle, mas com a visão de Reino, não apenas se preocupar com o hoje. Verdadeiros cristãos servem a Deus olhando para a eternidade, pois se olharmos para o hoje, desistiremos facilmente, e depois, pode ser tarde demais.

Em I Coríntios 15:19 diz que “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens.”

Existem muitos cristãos que passam lutas, perseguições, e se não tiverem visão de Reino desfalecem.


Mas a meia-noite, o noivo chega. De surpresa.
Jesus vem de surpresa! Quando ninguém estiver esperando, então virá Jesus, para buscar os salvos!

Mateus 25:44 “Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá.” Por isso, temos o dever de estarmos prontos.

Quando acordaram, as prudentes ainda tinham a lamparina acesa, porém, as moças néscias tiveram as suas lamparinas se apagando. Irmãos, é muito sério o que a Palavra nos ensina com este trecho. Todas eram noivas, todas se adornaram para o encontro do noivo, mas 5 delas esqueceram do principal, do AZEITE = UNÇÃO

Há pessoas, que vão a igreja pelo menos 1x/semana, que tem até aparência de crente, que está no meio dos outros, porém, não tem buscado abastecer a sua luz. Não adianta vir a igreja se meu coração não arde de amor por Jesus. Não adianta vir a igreja se minha motivação em estar aqui é outra. Deus não divide a Glória dEle com ninguém! Temos o privilégio de estar com o Senhor, porém, muitos dispensam esta honra.

Quando participamos da Santa Ceia, lemos o trecho da Palavra que diz “examine-se o homem a si mesmo” Será que é só no dia da Santa Ceia que precisamos nos examinar? E se Jesus voltar antes da próxima Santa Ceia?

Como tem estado a tua vida com Deus? Tua intimidade particular com o Senhor? Ou você ora apenas quando vem a igreja? Em que posição você está: entre as noivas prudentes, que se preocuparam em levar azeite, ou entre as néscias, que se preocuparam apenas com o hoje?

O texto diz que, quando as néscias perceberam que suas lâmpadas estavam apagando, quiseram emprestar azeite das prudentes. NÃO PODEMOS VIVER DE AZEITE EMPRESTADO! É preciso que cada um busque a sua própria comunhão com o Senhor! Não espere, se prepare, mantenha a tua lâmpada acesa.

Enquanto as néscias foram comprar azeite, o noivo chegou, e a porta se fechou. Pode ser, que se você não agir agora, daqui a alguns minutos seja tarde.

Isaías 55:6 “Buscai o SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR, INVOCAI-O ENQUANTO ESTÁ PERTO”

Ainda há tempo. Ponha de lado as barreiras, a vergonha, e principalmente, o teu próprio “eu” e busque o teu Azeite, enquanto ainda se pode achar. Busque a unção enquanto o Senhor ainda está com os braços estendidos para te dar. Esteja pronto para o noivo, antes que Ele chegue e feche a porta.

O pecado faz com que a porta se feche. Em Gn 3:23 o Senhor fechou a porta do Jardim do Éden, depois que Adão e Eva pecaram, e eles foram lançados para fora do jardim.

As néscias, voltaram com o azeite depois que a porta do casamento já estava fechada. E quando bateram, o noivo disse que não as conhecia. Eu te pergunto: Jesus sabe quem é você? Você tem se apresentado a Ele? Tem conversado com Ele? A igreja pra você sem sido a casa de Deus, ou um lugar de distração?


Precisamos nos libertar do comodismo / rotina / sono espiritual / frieza espiritual / interesses apenas para hoje
. E Precisamos deixar o Senhor agir em nossas vidas. Precisamos nos apresentar ao Senhor como a Noiva Irrepreensíve, agradável a Ele.

Jesus encerra esta parábola dizendo “Vigiai e orai”

Portanto meus amados, oremos.


Deus te abençoe, em nome de Jesus!

Paula Rohrbarch Batista

sexta-feira, 21 de maio de 2010

O que você tem oferecido ao Senhor?



Deus tem feito grandes coisas em tua vida! Sim, se hoje você tem vida para ler este texto é porque Deus te abençoou com mais este dia. Deus nos oferece a vida eterna, e você, o que tem oferecido ao Senhor?




Ao meditarmos sobre a pessoa de Abraão, observamos a Glória de Deus desde então anunciando o sacrifício de Jesus. --> Gênesis 22:1-18

Isaque era o filho prometido do Senhor, no qual viriam a descendência de Abraão como as estrelas do céu e a areia do mar. (Gn 15:5). Se Deus prometeu que por Isaque viriam a descendência de Abraão, então, como poderia agora o Senhor o pedir em oferta de holocausto?
Deus muitas vezes testa a nossa fé! Abraão não murmurou com Deus! Ele esperou por este filho durante toda a sua vida, e agora teria que sacrificá-lo? Assim mesmo, levantou-se ainda de madrugada e foi obedecer à vontade de Deus!
Abraão já levantou-se de madrugada, não esperou para fazer mais tarde aquilo que o SENHOR ordenou. Quando o Senhor ordena é preciso agir, obedecer imediatamente.
Quando JESUS veio a terra para cumprir o propósito de Deus, não murmurou! Isaías 53:7 diz que “Ele foi oprimido e humilhado, mas não abriu a boca”. Não murmure, OBEDEÇA

O Senhor pediu que Isaque fosse oferecido como sacrifício de Holocausto. Sacrifício de HOLOCAUSTO era oferecido como Sacrifício de Ação de GRAÇAS ou como Sacrifício pelo Pecado – era uma ação voluntária. JESUS foi oferecido voluntariamente, como Sacrifício pelo pecado de toda a humanidade. Jesus disse em João 10:17-18 “Por isso, o Pai me ama, porque eu dou a minha vida para a reassumir. Ninguém a tira de mim; pelo contrário, eu espontaneamente a dou. Tenho autoridade para a entregar e também para reavê-la. Este mandato recebi de meu Pai.”
Foi pela Ação de Graças de Jesus, por Jesus, e em Jesus que hoje podemos ter acesso ao pai.


Ef 1:18 “Porque, por ele, amos temos acesso ao Pai em um Espírito.”

Após 3 dias de caminhada até o local de sacrifício Abraão então pede aos seus servos que esperem que ele irá com o menino, para adorar a Deus e “logo voltará”. Abraão estava indo oferecer seu filho como sacrifício, mesmo assim ele diz “logo voltaREMOS”. Ele não disse “logo volto”, mas ele disse “logo VOLTAREMOS”. Ele mentiu? Não! Ele tinha fé em Deus o suficiente para confiar que Deus estava no controle de todas as coisas.
Deus enviou o Seu Filho para ser sacrificados em nosso lugar, mas Deus estava no controle de todas as coisas, e sabia que ao 3° dia Ele seria ressuscitado (Jo14:31). NO 3° dia a pedra do sepulcro rolou e o Filho de Deus Ressucitou em Glória!

Então Abraão colocou a lenha sobre os ombros de Isaque. Foi Isaque quem carregou a lenha para o holocausto. JESUS carregou a Sua Cruz (Jo 19:17). Abraão levava o fogo e o cutelo, era ele quem faria o sacrifício, através de seu filho. Em Jo 3:16 diz que “... Deus amou o mundo de tal maneira, que deu seu filho unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. Deus nos presenteou com a vida ETERNA, através do Seu FILHO ETERNO, do Sacrifício de Jesus por mim e por você na cruz!

Abraão e Isaque caminhavam juntos rumo ao sacrifício. Deus estava com Jesus em todo o tempo. Jesus e o Pai são um. Jo 14:11

Mais uma vez Abraão prova a sua fé, quando Isaque pergunta onde está o cordeiro, ele responde que Deus proverá. Deus apenas ordenou que ele sacrificasse a Isaque, mas ele tinha fé o suficiente para mover a montanha do medo, e acreditar que Deus enviaria um cordeiro. Ainda assim, amarrou seu filho e o deitou no altar em cima da lenha. Jesus foi pregado num madeiro, e elevado como sacrifício vivo, como oferta perfeita (Jo 3:14-15), para que todo aquele que nEle crer receba a vida eterna.

Mas um anjo bradou do céu para que Abraão não fizesse isso. Jesus eleva os olhos aos céus e declara “Está consumado”. Aqui, podemos observar que Deus testou Abraão até o último minuto e então livrou o filho de Abraão. Jesus, o Filho Único de Deus, no último minuto declara que é o fim! A obra está cumprida e então entrega a Sua vida por mim, por você, e por todos os que nEle crer!

Abraão ofereceu Isaque como sacrifício, porém, retornaram os 2! Jesus morreu naquela cruz, porém HOJE ELE VIVE! Aleluia!!!


Quando Abraão olhou para trás e viu um carneiro preso pelos chifres, e o ofereceu ao Senhor, em lugar de Isaque. O Cordeiro Santo de Deus, preso em um madeiro, com uma coroa de espinhos, morreu em nosso lugar. João Batista disse em Jo 1:29 diz “... Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”

Abraão colocou o nome naquele lugar de “Deus proverá”. Amados, Deus proverá a tua salvação,
Deus proverá a salvação da tua casa, Deus proverá a cura para a tua vida, Deus proverá aquilo que você tem necessidade. Apenas obedeça. Apenas confie em Deus. Apenas reconheça o sacrifício de Jesus!


Em Jo 17:3 “E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”



Apenas olhe para Jesus, e não para os homens. Abraão não negou o ÚNICO FILHO
Deus nos deu o Seu ÚNICO FILHO.


Naquele tempo, era feito sacrifícios de derramamento de sangue, porque até então a vida estava no sangue. Hoje, a nossa vida, está no sangue derramado de Jesus por nós na cruz. Aí depende de você: o querer ou não receber a vida que Jesus conquistou para você. O que vivemos aqui não se pode ser comparado com a Glória que nos há de vir!!!

Abraão obedeceu, e pela sua vida foram benditas todas as nações da terra! Obedeça ao Senhor e será bendita a tua decendência! Se preocupe com as coisas do Reino apenas! Em 1 Co 13 diz que Tudo passa, porém, o perfeito AMOR não passará. O perfeito AMOR de Jesus não passará, É ETERNO.



Ouça Jesus te chamando...

Prostre-se diante dEle, declare a Ele que Ele é o Filho de Deus, que Ele é o Rei eterno que tira o pecado do povo. Para chegar até Deus, só há um caminho, só há uma escada, e esta escada, este caminho chama-se JESUS CRISTO, REI dos reis e SENHOR do senhores!




Deus abençoe a tua vida com a benção da SALVAÇÃO!








Paula Rohrbarch Batista

sexta-feira, 12 de março de 2010

Levante a cabeça e continue

video

Tem momentos que tudo vai bem na tua vida. Você está se saindo vitorioso em tudo o que faz, mas derrepente, a adversidade vem, e te faz parar, acaba atrapalhando a tua caminhada. Mas ainda que seja difícil continuar diante das dificuldades, PERSEVERE, levante a tua cabeça, olhe para Deus e continue, continue, não desista. Aos que perseveram, o Senhor Deus vem e ajuda a caminhar, Deus te ajuda a ir até o fim meu querido, não desista, deixe Ele te segurar e vá até o fim, pois eu tenho certeza, que você será MAIS DO QUE VENCEDOR, pois é JESUS quem te FORTALECE!

Que Deus te abençoe e te dê forças para continuar no caminho que Ele te ensinou!

Paula Rohrbarch Batista

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Perdoar


“Então Jesus disse: Pai, perdoa esta gente! Eles não sabem o que estão fazendo.” Lucas 23:34

Para que se cumprisse os propósito de Deus, com Jesus aqui na terra, chegou o momento de Ele ser crucificado. Porém, o Filho de Deus, o Santo, o Rei da Glória, o Todo-Poderoso, o Cordeiro Santo de Deus, foi zombado. Além de não crerem nEle, as pessoas zombavam dEle.

Alguma semelhança com os dias de hoje? Toda semana, tem uma reportagem polêmica, de alguém que se diz ateu, zombando dos que tem FÉ em Deus. Blasfêmias. Mentiras contra a vida e caminhada de Jesus. Palavras ofensivas.
Quantos cristãos já ouviram palavras ofensivas sobre a sua fé? Já discutiram ou tiveram que se conter para não haver uma briga, quando ouve algo ofensivo contra Deus? Dói né?

Fortes acusações. Mais mentiras. Não havia o que se acusar em Jesus. O Deus da Glória é Perfeito! Se Jesus, sendo Perfeito, recebeu fortes acusações, quem dirá nós, pecadores? Essas acusações contra Jesus, as chicotadas, os cravos nas mãos, a dor, a tristeza, NADA, NADA foi capaz de mudar a maneira dEle pensar ou agir.
Jesus poderia ter se salvado ali, como muitos diziam para Ele fazer. Mas aí seria inválido todo o plano dEle aqui na terra. Se não houver o que perdoar, não se pode provar o AMOR! E aquele que é infinito no amor, enquanto estava sendo pregado na cruz, pediu a Deus que perdoassem aquelas pessoas. Não se pode comparar amor como esse!

Quando falamos que Jesus morreu por mim, por você, falamos que Ele morreu por aqueles malfeitores também. Perdão! Foi este o maior objetivo de Jesus aqui na terra. Perdoar os nossos pecados.

Todo aquele que pecasse contra Deus, era condenado a morte. Mas um dia, o REI DA GLÓRIA, desceu do Seu trono e disse: “Deixa que eu morro por eles”!!! Aleluia!!!
E com a sua morte, Ele perdoa todos os que se arrependem dos seus maus caminhos e reconhecem que Ele é o Filho de Deus, o único Salvador!

Perdão, na dimensão vertical significa, ato pelo qual Deus, por causa do seu amor e da sua misericórdia (Mq 7:18) remove o castigo que resulta de pecado cometido. Esse castigo foi sofrido na cruz por Jesus, com quem a pessoa perdoada está unida pela fé.

Creia que Jesus perdoa os teus pecados meu irmão. Não foi a toa que ele sofreu por nós. Mas reconheça o sacrifício de Jesus por nós. Declare isso a Ele. E se queremos realmente herdar a vida eterna com Jesus, depois de reconhecê-lo, é preciso seguí-lo. E isso implica a agir como Jesus agiu e age. Se o FILHO PODEROSO DO DEUS ALTÍSSIMO, perdoa os Seus ofensores, quem somos nós para não perdoar os nossos?

Perdoar, na dimensão horizontal, SIGNIFICA ato de afastar ressentimento e desejo de vingança em relação ao ofensor. Para que o perdão seja completo, o ofensor deve declarar-se arrependido, dispondo-se a reparar a falta cometida, se for o caso (LC 17:3)
Se perdôo, logo, também, sou perdoado. Todavia, se não sou capaz de perdoar, como deverei ser perdoado? (Mt 6:14-15)
MT 7:12 diz "Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês; pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas.” Se você quer ser perdoado, perdoe também! Não deixe com que os gafanhotos devorem o teu coração. Há gafanhotos que invadem nossos corações, e se deixarmos, vão destruindo com a gente.

Deus quer curar o teu coração, mas precisa de uma decisão tua. Jesus nos fala em Mt 23:25, sobre os fariseus que lavam o copo apenas por fora, mas que por dentro estão cheios de coisas, sujos. Há muitos cristãos por fora. Sim por fora é cristão. Mas por dentro, está cheio de feridas purulentas, cheio de entulhos no coração. De que adianta eu usar roupa de crente, vir a igreja, usar vocabulário de crente, se dentro de mim há muitas questões mal resolvidas?

Deus olha o nosso interior. Esta casca aqui de fora, não importa muito. O que importa é o nosso interior.

Mateus 5:44, 45 diz “Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu.” Orem pelos teus inimigos, para que VOCÊS SE TORNEM FILHOS DO PAI! Jesus amou os seus inimigos. Jesus ama, mesmo aqueles que blasfemam contra Ele.
Se queremos ser como Jesus, se queremos receber vitórias, é preciso liberar perdão. Aquele que retêm o perdão, prejudica a sua própria vida e a vida da outra pessoa.

Jesus disse em Mt 9:13 “Eu quero que as pessoas sejam bondosas e não que me ofereçam sacrifícios de animais.” Jesus quer que amemos uns aos outros, caso contrário, é inútil nossos sacrifícios. Deus nos diz “Vasos iguais” Rm 2:11. Ninguém é melhor do que ninguém, então você não precisa achar que só você está certo. Somos todos vasos iguais diante de Deus, por isso, não podemos ser soberbos, orgulhosos, não aceitando o pedido de perdão e também não oferecendo perdão. É Deus quem justifica!

Então, a tua tarefa é perdoar, e deixar com que Deus faça a obra sobre a vida daquela pessoa.

Mas irmãos, perdoar é diferente de desculpar. Desculpas, é um tapeação da mágoa, um “tudo bem”... Mas o perdão tem que vir do coração, o perdão apaga as feridas. Jesus diz que “dos teus pecados eu não me lembrarei mais” Os que se arrependem, Ele perdoa e esquece dos nossos pecados do passado. Assim deve ser em nossos corações, perdoe e esqueça. Não adiante você perdoar e a cada instante ficar lembrando da situação.

Sabe como podemos saber se uma situação precisa de perdão? Se cada vez que você lembra da situação, ou da pessoa, você chora, sente raiva, então esta ferida ainda está inflamada. Quando o perdão vem do coração, você pode até lembrar do ocorrido, mas aquilo não te incomoda mais.

Amados, meu pai nunca lembrava do meu aniversário, sempre me ligava uma ou duas semana depois, pedindo desculpas pelo esquecimento. E eu fui alimentando uma mágoa no meu coração. E muitas vezes, encontrava uns gafanhotos pelo caminho, que ajudavam a alimentar esta mágoa.
Irmãos, foi preciso eu me converter, para que Deus me fizesse lembrar, que a mais de 30 anos atrás, ele fez uma cirurgia no coração. E esta cirurgia lhe causou algumas seqüelas, das quais, umas delas é o esquecimento, memória fraca. E foi então, que Deus me fez perceber que não era propositalmente que ele esquecia, nem por falta de amor, ou desprezo, e sim, inconscientemente. E Deus me fez ver, que ele sofria, e sofre até hoje, tanto quanto eu, com aquela situação. Pois ele chora, e se sente péssimo, cada ano que ele esquece. Hoje, eu posso dizer que esta ferida não me incomoda mais, ele pode até esquecer, mas eu sei que dali uns 2 dias Deus faz ele lembrar e ele então me liga. Parece uma coisa boba, mas era uma pedra de tropeço na minha vida.

A mágoa, muitas das vezes, se torna pedra de tropeço na tua vida, pois se temos mágoas, logo, pensamos mal sobre aquela pessoa, julgamos, falamos mal, e logo cresce em nós o sentimento de vingança. E aí, como fica? O Deus que tudo vê, que tudo sabe, sabe desta tua ferida aí no coração, sabe de todos os teus pensamentos. E aí? Como haverá espaço para Ele no teu coração cheio entulhos.

Perdo!

Muitas vezes, há coisas que ficaram lá para trás, e você precisa perdoar. Aquela pessoa que você brigou faz muito tempo, e nunca mais falou com ela – VOCÊ PRECISA RESOLVER ESTA SITUAÇÃO. Aquela situação de injustiça, na escola, no trabalho, - VOCÊ PRECISA TIRAR ISTO DO TEU CORAÇÃO, ATRAVÉS DO PERDÃO. Quem sabe, alguém sofreu abusos, é difícil, eu sei, MAS SE PERDOAR, VOCÊ SERÁ LIVRE DESTE TRAUMA. Teu pai, tua mãe, irmãos, amigos, parentes, seja quem for, PERDOE! Não acumule isso dentro de você.

Em Lc 17:3-4 Jesus nos diz que devemos perdoar sempre, não importa quantas vezes for preciso por dia.

Certa vez, minha “melhor amiga” na adolescência, (amiga de dormir uma na casa da outras, de emprestar roupas, de sair juntas, de se ver todos dos dias, desde criança), pegou um dinheiro da minha carteira. E eu custei a aceitar que ela tinha feito isso. Minha família tinha viajado, e eu tinha apenas aquele dinheiro para passar a semana. E ela vendo o meu desespero, chegou a me oferecer dinheiro do pai dela emprestado... Algum tempo depois, descobri que tinha sido ela. Irmãos, aquilo me incomodou muito, por muito tempo. Nós então não nos falávamos. Ela casou, até fui no casamento dela, mas aquela mágoa ficou no meu coração por muitos anos. Até um dia, depois de convertida, que Deus me fez lembrar que eu precisava liberar perdão para ela. Mas ela já não morava mais em Curitiba. Aí, mandei um e-mail, expressando tudo o que eu senti e sentia sobre aquela situação, contei o que Deus me cobrou e disse a ela que a perdoava. Uffa, parecia que tinha tirado um peso das minhas costas. Para ela, foi um dia muito feliz. Depois disto, pudemos voltar a conversar melhor. Tive a oportunidade de apresentar Jesus a ela. Trazê-la nos cultos várias vezes, e posso dizer com muita alegria (não soberba) que toda vez que ela precisa, ela me procura para orar pela vida dela. Isso me deixa feliz, pois pudemos superar aquela situação, e o fato dela querer as minhas orações, me prova a confiança dela comigo, pois mesmo longe, mesmo com pouco contato, o amor de uma pela outra continua o mesmo.

E se eu não tivesse perdoado? Se tivesse deixado o orgulho falar mais alto.

Constantemente me deparo com situações que exigem misericórdia, e perdão. Acusações sem causa, injustiças, ofensas. Mas o inimigo pensa que vai me encher de mágoas e rancor novamente, não vai não, pois todos os dias eu apresento a Deus uma listinha de situações de perdão. Perdôo, e entrego nas mãos do Senhor, pois sei que Deus fará uma mudança na vida destas pessoas.

Não devemos ignorar os fracos na fé, e sim, pedir a Deus que os ajude. E também não estou dizendo que não preciso de perdão, preciso sim. Muitas vezes, causamos feridas nos corações das pessoas, sem perceber... e para isso precisamos pedir a Deus que nos faça lembrar de tudo o que precisamos nos concertar. Devemos todos os dias pedir perdão a Deus pelos nossos pecados

Amados, Deus quer trabalhar o perdão em nossos corações! Apresente diante de Deus tudo aquilo te incomoda aí no teu coração. Ore, peça ao Espírito Santo que lhe mostre todas as feridas do teu coração, para que Deus te ajude a liberar perdão.

Teus familiares, autoridades, amigos, irmãos da Igreja, não importa o que aconteceu, perdoe, pois Deus quer abençoar a tua vida!


Deus enviou Jesus, para morrer por nós, e por Seu sangue, nos perdoar de todo o pecado. Amado, não importa o que você tenha feito de errado, se em teu coração, você se arrepender (DE CORAÇÃO) e se humilhar na presença de JESUS, Ele é FIEL e JUSTO para te perdoar. Então não peques mais, caminhe com JESUS e receba a VIDA ETERNA!!!! Declare a Jesus que só Ele SALVA, que só ELE LIBERTA E TE LEVA PARA PERTO DO PAI, COM A VIDA ETERNA!!! CREIA E SERÁS SALVO!!!!

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Simpatias de Ano Novo


"Para passar o ano novo é recomendável usar roupas brancas. Para ter bastante dinheiro usa-se uma nota nova na carteira""Para conquistar um amor, coloque numa pequena vasilha algumas gotas de azeite de oliva, folhas de ciprestes e umas gotas de perfume de laranjeira. Misture tudo muito bem e guarde. Toda vez que você sair, passe um pouquinho dessa fórmula sobre as sobrancelhas e, em seguida, leia o Salmo 113, deixando-o aberto sobre a cabeceira da cama". "Para atrair sorte, faça um saquinho pequeno, com tecido vermelho, que nunca tenha sido usado. Coloque dentro dele um pouco de cera de abelha e feche-o. Carregue sempre na carteira ou no bolso, como patuá"."Para uma solteira conseguir casamento, conte três palmos de uma fita branca e corte. Amarre este pedaço da fita numa imagem de Santo Antônio. Deve colocar a imagem no quarto e pedir a Santo Antônio que lhe arranje um casamento. Se a mulher solteira for você, a simpatia também pode ser feita. Peça para que sua mãe ou uma amiga fiel faça a simpatia, sem que você veja". Estas são algumas das milhares de receitas mágicas de domínio popular, as quais muitos recorrem a fim de resolver seus problemas. Seus praticantes as chamam de simpatias e são largamente empregadas pelo povo brasileiro, sendo difundidas como inofensivas tradições folclóricas. Mas... Será que as simpatias são realmente inofensivas? Que poderes envolvem? Que perigos escondem? Quais os reais limites entre a fé e a superstição? O uso de palavras bíblicas santifica esta prática? Há alguma relação entre a simpatia e a bruxaria?Possuir respostas para estas perguntas é vital. Pessoas que jamais entrariam em um terreiro ou se envolveriam com algum tipo de ocultismo tornam-se ingenuamente (ou não) vítimas das maldições inerentes a este tipo de prática. A inocência não serve de escudo.Definindo simpatiaO que é mesmo simpatia? O dicionário Aurélio a define, entre outras coisas, como: "ritual posto em prática, ou objeto supersticiosamente usado, para prevenir ou curar uma enfermidade ou mal-estar". Mas esta explicação é muito branda. A significação de um site sobre simpatia é outra bem diferente para esta prática: "Simpatia é a maneira ritual de forçar poderes ocultos a satisfazerem a nossa vontade". Este conceito é exato e sincero, uma vez que não são as meras palavras, atos, rituais e objetos que vão levar a realização do desejo do praticante da simpatia, mas, sim, os poderes nela invocados. Não são as gotas do azeite, os pingos da vela e/ou o pano vermelho os verdadeiros objetos da fé. Os praticantes, quando usam destas coisas, colocam sua fé em entidades indefinidas ou em algum santo católico, como no caso de Santo Antônio, Santo Expedito e São Jorge, muito comuns em simpatias.Isso significa que, mesmo sem intenção, ou involuntariamente, procura-se criar algum vínculo com o mundo espiritual e manipulá-lo de forma a atender nossos desejos. A grande questão é: com quem a magia da simpatia lida?Brincando com o inimigoNeste mundo pragmático em que vivemos, o que as pessoas geralmente querem saber é: "Funciona?". O mesmo site comenta: "A simpatia tem grande prestígio, dada a psicologia do povo que quer resultados imediatos, sem tratamento e sem trabalho, trazidos pelas escamoteações da mágica. Em suma, o milagre". Embora a única preocupação do praticante seja ter resultado imediato, ele, porém, não se detém para questionar qual a fonte do poder por trás das simpatias. Claro que a maioria não funciona, e o aparente efeito de algumas não passa de coincidência ou auto-sugestão. Mas quando se trata de um "milagre" real, os envolvidos não questionam o autor do suposto milagre, nem sequer cogitam que estes "poderes ocultos" têm como fonte os espíritos malignos.A Bíblia relata que quando Moisés foi enviado por Deus ao Egito para falar a faraó acerca da libertação do povo hebreu, lançou sua vara ao chão e Deus a transformou em cobra. Entretanto, os magos egípcios fizeram o mesmo com seu poder (Êx 7.10-12). Os milagres foram iguais, mas a fonte deles era antagônica: Moisés invocava ao Deus verdadeiro, e os outros, cultuavam falsos deuses e espíritos malignos.Assim, pode-se depreender que desejar milagres e não se preocupar com a "fonte de origem" é abrir a porta para a atuação do diabo. Sobre o poder do diabo em obrar prodígios a Palavra de Deus esclarece: "A vinda desse iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios da mentira, e com todo engano da injustiça para os que perecem. Perecem porque não receberam o amor da verdade para se salvarem" (2Ts 2.9,10; grifo do autor).Fé e superstição"De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus" (Rm 10.17). Logo, a fé bíblica, a fé verdadeiramente cristã, é uma conseqüência de se ouvir e aceitar a Palavra de Deus. A superstição, elemento essencial das simpatias, não tem seu fundamento nas Escrituras Sagradas, se é que possui algum fundamento. As pessoas que se envolvem com simpatias, o fazem pela indicação de outro, e não se preocupam em analisar os poderes ocultos que se escondem por trás das mesmas.Mesmo o uso de objetos, palavras e atos narrados na Bíblia podem se degenerar em superstição. Embora a Palavra de Deus se utilize desses elementos, tais elementos, no entanto, só têm valor quando baseados na fé. "Tudo o que não é por fé, é pecado" (Rm 14.23).Temos de fazer distinção entre as narrações bíblicas e os princípios bíblicos. Quando Deus ordenou ao povo de Israel que desse voltas ao redor dos muros de Jericó e tocasse trombetas para que os muros caíssem (Js 6), não estava ensinando com isso um ritual de "como derrubar muros". A Bíblia é explícita ao dizer que "pela fé caíram os muros de Jericó" (Hb 11.30), e não pelo simples fato de serem rodeados. Houve uma ordem específica de Deus e uma obediência em fé correspondente, então Deus operou. A vitória veio de Deus pela fé, e não porque aquele era um ritual mágico.Da mesma forma, o fato de Jesus ter cuspido na terra, feito lodo, passado nos olhos de um cego e este ter sido curado após lavar-se no tanque de Siloé, não significa que Jesus estava ensinando, com isso, um ritual para curar cegos (Jo 9.11). Aquele foi um milagre produzido pelo poder de Cristo mediante a fé, e não passos a serem seguidos pelos cegos que buscam cura. A Bíblia estava narrando um acontecimento, não ensinando um ritual para curar cegos.É importante também mencionar a repetição de palavras que geralmente está inserida nas simpatias. Jesus condenou a prática das chamadas "rezas", quando disse: "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles..." (Mt 6.7,8). Embora no dicionário orações e rezas sejam palavras sinônimas, na prática, porém, as rezas tornaram-se fórmulas mágicas com poder em si mesmas, e não representam nenhuma manifestação de fé, no sentido bíblico.É bom ratificar que, biblicamente, fé significa confiar (crer) em Deus e em Cristo (Jo 14.1). Os cristãos oram e tomam atitudes confiando nas promessas divinas, e não em meras palavras e atos por si só. Os praticantes da simpatia não agem de acordo com um relacionamento pessoal com Deus ou Jesus.O nome de Deus em vão"SALMOS 37 e 38 - Leia os salmos 37 e 38 três vezes ao dia, durante três dias. Após tê-lo feito, publique o texto (salmo) no jornal no quarto dia e veja o que acontece. Faça dois pedidos difíceis e um impossível". Tem-se popularizado o uso de Salmos, ou mesmo do nome de Jesus, como simpatia para a resolução de problemas. Todos os dias, os jornais trazem uma coluna de agradecimento ou de recomendação de pessoas que aconselham os leitores a usar o "salmo tal" ou a "palavra tal" para resolverem seus problemas e alcançarem alguma coisa."Não tomarás o nome do SENHOR teu Deus em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão" (Êx 20.7). Embora alguns achem que, ao citarem a Bíblia, Deus ou Jesus valida este tipo de atitude, o oposto, no entanto, é que é verdade. As pessoas estão, de fato, querendo manipular a Deus por meio de palavras e ritos, quando a Bíblia ensina que isto é abominável aos seus olhos. Nós, os cristãos, mais do que ninguém, reconhecemos o poder da Palavra de Deus. Mas este poder só é válido quando tomamos toda a Bíblia como regra de fé e conduta, e não quando extraímos trechos isolados e os usamos com um ritual, ou quando escrevemos um salmo ou outro trecho qualquer das Escrituras e os usamos como talismã. O salmo 91 é Palavra de Deus e, se creio nele e o aplico em minha vida, ele trará resultado. Entretanto, o mero pano ou papel onde ele está impresso não é um talismã para ser colocado atrás da porta para me proteger de espíritos malignos.Temos de tomar cuidado para que a nossa fé não se deteriore em superstição e idolatria. Em Números 21.4-9, Deus ordenou a Moisés que fizesse uma serpente de bronze e colocasse sobre uma haste. Todos os israelitas que olhassem para ela seriam curados, e assim aconteceu. Todavia, com o passar dos dias, o povo de Israel, ao invés de colocar sua fé no Deus que os curava ao olharem para a serpente de bronze, puseram sua confiança na própria serpente e passaram a adorá-la e a oferecer-lhe incenso. Substituíram Deus por um dos instrumentos que Ele usou para abençoá-los. Por isso o rei Ezequias ordenou sua destruição: "Ele tirou os altos, quebrou as estátuas, deitou abaixo os bosques, e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram Neustã" (2Rs 18.4; grifo do autor). Feitiçaria caseira"A bruxaria está na moda, e é possível encontrar cada vez mais adeptos em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte. Suas fileiras exibem advogados, contadores e engenheiros [...] As feiticeiras modernas não gostam de ser chamadas de bruxas. Preferem o termo medieval wicca (pronuncia-se uíca), que deu origem à witch (bruxa em inglês). A palavra vem do alemão arcaico, wic, que significa dobrar, porque a mágica teria função de mudar ou 'dobrar' os acontecimentos". Mas, como diz Eddie Van Feu em seu livro Wicca - Rituais: "A verdade é que wicca é só um termo mais bonitinho para bruxaria". Os que consideram exagero comparar simpatia e feitiçaria fariam bem em atentar para este assunto. Vejamos os rituais ensinados no mesmo livro sobre wicca: Para proteger seu lar"Deixe romãs abertas na janela da casa para trazer paz e harmonia para sua família", ou: "Faça uma cruz com dois pedaços de canela em pau e coloque-a escondida atrás da porta em sua escrivaninha".Para ter amor"Guarde uma rosa ou um amor-perfeito dentro de seu livro de poesia ou do seu romance favorito. Tenha-o sempre à cabeceira, pois este é um poderoso talismã".Perguntamos: qual é, então, na prática, a diferença entre a simpatia e a bruxaria? Ambas se apóiam em rituais, objetos e palavras para alcançar seus objetivos. Ambas utilizam elementos cristãos. Ambas definem apenas vagamente os poderes envolvidos na realização de seus "encantamentos". Em outras palavras, são usados apenas termos diferentes em relação ao mesmo tipo de prática. As forças malignas utilizadas pelos bruxos na História Antiga e Medieval continuam sendo acionadas por meio das chamadas "simpatias". O sincretismo cristão encobriu essa realidade, mas não pode mudar a essência do que realmente envolvem essas práticas.Os historiadores são unânimes em admitir que o catolicismo português trazido para o Brasil era fortemente influenciado pela bruxaria européia. Como resultado, as mesmas práticas continuam sendo realizadas "camufladamente". Logo, simpatias nada mais são do que bruxarias caseiras efetuadas por pessoas que apenas querem resultados e estão dispostas a fazer qualquer coisa para alcançá-los.Livrando-se da simpatia"Andamos por fé, e não por vista" (2Co 5.7). Este é o fundamento da fé evangélica e bíblica. Quando o relacionamento diário com Deus se baseia em objetos, fórmulas, rituais e/ou palavras previamente estabelecidas, então ocorre um afastamento. Não importam quantas "graças" as pessoas digam que alcançaram por este meio, isto não prova que foi Deus quem realizou nada. O Novo Testamento rejeita completamente o uso de tais subterfúgios para se alcançar resposta divina, e o Velho Testamento só o faz quando é orientado por Deus e, mesmo assim, como símbolos espirituais de Cristo. Não se engane, caro leitor, mexer com simpatia é mexer com o oculto, e todo benefício que resultar disso é aparente. "Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios (receitas de simpatia e magia) [...] Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria, e cujas folhas não caem. Tudo o que fizer prosperará" (Sl 1.1-3; parênteses do autor).Notas: Novo Aurélio - O Dicionário da Língua Portuguesa Século XXI, Ed. Nova Fronteira. http://www.ifolclore.com.br/simpatias/intro.htmhttp://www.ifolclore.com.br/simpatias/intro.htmClassificados do jornal A tribuna, de Santos, de 22/03/03.Revista Época, 21 de out. de 2002, p.86.Eddie Van Feu: carioca que estreou no mercado editorial nacional com a revista Olha à frente!, Ed. Escala, onde assinou muitos outros materiais. Atualmente, edita a Talentos do Mangá e escreve uma bateria de livros de Wicca, além de produzir diversos roteiros para desenhistas de todo o Brasil.Wicca - Rituais, Eddie Van Feu, Ed. Escala, p. 11. Ibid., p. 23-4.


Autor : Pr. Eguinaldo Hélio de Souza
Publicado em : Quinta, 10/12/2009

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Isaías 49:15,16


Assim nos diz o Senhor, o Deus Todo-Poderoso, criador dos céus e da terra, e de tudo o que neles há, o ÚNICO, o SALVADOR, o Majestoso, o Conselheiro, o Deus-Forte, o Príncipe da PAZ:


"Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esra viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim."

Deus não esqueceu de mim, de você e de ninguém, como poderia esquecer se estamos gravados nas palmas das Suas mãos? Confie meu amado, apenas confie que Ele esta no controle de todas as coisas. O mesmo Deus que foi capaz de criar todas as coisas, esta nos dizendo neste momento que "NÃO ESQUECEU DE NENHUM DE NÓS".
Para mim, isto me causa uma motivação! Pois ainda que o mundo se esqueça de mim, DEUS NÃO ESQUECEU!!!

Apenas renda-se aos pés de Jesus, e então Deus cuidará de ti, com AMOR imensurável!

Paula Rohrbarch Batista

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Perdão


“Então Jesus disse: Pai, perdoa esta gente! Eles não sabem o que estão fazendo.” Lucas 23:34

Para que se cumprisse os propósito de Deus, com Jesus aqui na terra, chegou o momento de Ele ser crucificado. Porém, o Filho de Deus, o Santo, o Rei da Glória, o Todo-Poderoso, o Cordeiro Santo de Deus... foi zombado. Além de não crerem nEle, as pessoas zombavam dEle.

Alguma semelhança com os dias de hoje?

Toda semana, tem uma reportagem polêmica, de alguém que se diz ateu, zombando dos que tem FÉ em Deus. Blasfêmias. Mentiras contra a vida e caminhada de Jesus. Palavras ofensivas.

Quantos cristãos já ouviram palavras ofensivas sobre a sua fé? Já discutiram ou tiveram que se conter para não haver uma briga, quando ouve algo ofensivo contra Deus? Dói né?

Fortes acusações. Mais mentiras. Não havia o que se acusar em Jesus. O Deus da Glória é Perfeito! Se Jesus, sendo Perfeito, recebeu fortes acusações, quem dirá nós, pecadores...

Essas acusações contra Jesus, as chicotadas, os cravos nas mãos, a dor, a tristeza, NADA, NADA foi capaz de mudar a maneira dEle pensar ou agir. Jesus poderia ter se salvado ali, como muitos diziam para Ele fazer. Mas aí, teria sido inválido todo o plano dEle aqui na terra.

Se não houver o que perdoar, não se pode provar o AMOR. E aquele que é infinito no amor, enquanto estava sendo pregado na cruz, pediu a Deus que perdoassem aquelas pessoas. Não se pode comparar amor como esse.

Quando falamos que Jesus morreu por mim, por você, falamos que Ele morreu por aqueles malfeitores também.

Perdão. Foi este o maior objetivo de Jesus aqui na terra. Perdoar os nossos pecados.

Todo aquele que pecasse contra Deus, era condenado a morte, mas um dia, o REI DA GLÓRIA, desceu do Seu trono e disse: “Deixa que eu morro por eles”. E com a sua morte, Ele perdoa todos os que se arrependem dos seus maus caminhos e reconhecem que Ele é o Filho de Deus, o único Salvador!

Perdão = Na dimensão vertical significa, ato pelo qual Deus, por causa do seu amor e da sua misericórdia (Mq 7:18) remove o castigo que resulta de pecado cometido. Esse castigo foi sofrido na cruz por Jesus, com quem a pessoa perdoada está unida pela fé.
Creia que Jesus perdoa os teus pecados meu irmão. Não foi a toa que ele sofreu por nós. Mas reconheça o sacrifício de Jesus por nós. Declare isso a Ele. E se queremos realmente herdar a vida eterna com Jesus, depois de reconhecê-lo, é preciso seguí-lo. E isso implica a agir como Jesus agiu e age. Se o FILHO PODEROSO DO DEUS ALTÍSSIMO, perdoa os Seus ofensores, quem somos nós para não perdoar os nossos?

Perdão = na dimensão horizontal, SIGNIFICA ato de afastar ressentimento e desejo de vingança em relação ao ofensor. Para que o perdão seja completo, o ofensor deve declarar-se arrependido, dispondo-se a reparar a falta cometida, se for o caso (LC 17:3).

Se perdôo, logo, também, sou perdoado. Todavia, se não sou capaz de perdoar, como deverei ser perdoado? (Mt 6:14-15)

MT 7:12
“Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês; pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas.”

Se você quer ser perdoado, perdoe também! Não deixe com que os gafanhotos devorem o teu coração. Há gafanhotos que invadem nossos corações, e se deixarmos, vão destruindo com a gente.

Deus quer curar o teu coração, mas precisa de uma decisão tua.

Jesus nos fala em Mt 23:25, sobre os fariseus que lavam o copo apenas por fora, mas que por dentro estão cheios de coisas, sujos. Há muitos cristãos por fora. Sim por fora é cristão. Mas por dentro, está cheio de feridas purulentas, cheio de entulhos no coração. De que adianta eu usar roupa como crente, vir a igreja, usar vocabulário de crente, se dentro de mim há muitas questões mal resolvidas? Deus olha o nosso interior. Esta casca aqui de fora, não importa muito. O que importa é o nosso interior.

Mt 5:44, 45
“Mas eu lhes digo: amem os seus inimigos e orem pelos que perseguem vocês, para que vocês se tornem filhos do Pai de vocês, que está no céu.”

Orem pelos teus inimigos, para que VOCÊS SE TORNEM FILHOS DO PAI. Jesus amou os seus inimigos. Jesus ama, mesmo aqueles que blasfemam contra Ele, porém não ama a blasfêmia.
Se queremos ser como Jesus, se queremos receber vitórias, é preciso liberar perdão. Aquele que retêm o perdão, prejudica a sua própria vida e a vida da outra pessoa.

Jesus disse em Mt 9:13 “Eu quero que as pessoas sejam bondosas e não que me ofereçam sacrifícios de animais.” Jesus quer que amemos uns aos outros, caso contrário, é inútil nossos sacrifícios. Deus nos diz “Vasos iguais” Rm 2:11. Ninguém é melhor do que ninguém. Então você não precisa achar que só você está certo. Somos todos vasos iguais diante de Deus. Por isso, não podemos ser soberbos, orgulhosos, não aceitando o pedido de perdão e também não oferecendo perdão.

É Deus quem justifica. Então, a tua tarefa é perdoar, e deixar com que Deus faça a obra sobre a vida daquela pessoa.

Mas irmãos, perdoar é diferente de desculpar. Desculpas, é um tapeação da mágoa, um “tudo bem”... Mas o perdão tem que vir do coração, o perdão apaga as feridas.

Jesus diz que “dos teus pecados eu não me lembrarei mais”. Os que se arrependem, Ele perdoa e esquece dos nossos pecados do passado. Assim deve ser em nossos corações. Perdoe e esqueça. Não adiante você perdoar e a cada instante ficar lembrando da situação.
Sabe como podemos saber se uma situação precisa de perdão? Se cada vez que você lembra da situação, ou da pessoa, você chora, sente raiva, então esta ferida ainda está inflamada.
Quando o perdão vem do coração, você pode até lembrar do ocorrido, mas aquilo não te incomoda mais.

Amados, meu pai nunca lembrava do meu aniversário, sempre me ligava uma ou duas semana depois, pedindo desculpas pelo esquecimento. E eu fui alimentando uma mágoa no meu coração. E muitas vezes, encontrava uns gafanhotos pelo caminho, que ajudavam a alimentar esta mágoa.
Irmãos, foi preciso eu me converter, para que Deus me fizesse lembrar, que a mais de 30 anos atrás, ele fez uma cirurgia no coração. E esta cirurgia lhe causou algumas seqüelas, das quais, umas delas é o esquecimento, memória fraca. E foi então, que Deus me fez perceber que não era propositalmente que ele esquecia, nem por falta de amor, ou desprezo, e sim, inconscientemente. Deus me fez ver, que ele sofria, e sofre até hoje, tanto quanto eu sofria, com aquela situação. Pois ele chora, e se sente péssimo, cada ano que ele esquece. Hoje, eu posso dizer que esta ferida não me incomoda mais, ele pode até esquecer, mas eu sei que dali uns 2 dias Deus faz ele lembrar e ele então me liga. Parece uma coisa boba, mas era uma pedra de tropeço na minha vida.

A mágoa, muitas das vezes, se torna pedra de tropeço na tua vida. Pois se temos mágoas, logo, pensamos mal sobre aquela pessoa, julgamos, falamos mal, e logo cresce em nós o sentimento de vingança. E aí, como fica? O Deus que tudo vê, que tudo sabe, sabe desta tua ferida aí no coração, sabe de todos os teus pensamentos. E aí? Como haverá espaço para Ele no teu coração cheio entulhos.

Perdoe!

Muitas vezes, há coisas que ficaram lá para trás, e você precisa perdoar. Aquela pessoa que você brigou faz muito tempo, e nunca mais falou com ela – VOCÊ PRECISA RESOLVER ESTA SITUAÇÃO

Aquela situação de injustiça, na escola, no trabalho, - VOCÊ PRECISA TIRAR ISTO DO TEU CORAÇÃO, ATRAVÉS DO PERDÃO

Quem sabe, alguém sofreu abusos, é difícil, eu sei, MAS SE PERDOAR, VOCÊ SERÁ LIVRE DESTE TRAUMA.

Teu pai, tua mãe, irmãos, amigos, parentes, seja quem for, PERDOE.

Não acumule isso dentro de você. Em Lc 17:3-4 Jesus nos diz que devemos perdoar sempre, não importa quantas vezes for preciso por dia.

Constantemente me deparo com situações que exigem misericórdia, e perdão. Acusações sem causa, injustiças, ofensas. Mas o inimigo pensa que vai me encher de mágoas e rancor novamente, não vai não, pois todos os dias eu apresento a Deus uma listinha de situações de perdão. Perdôo, e entrego nas mãos do Senhor, pois sei que Deus fará uma mudança na vida destas pessoas.

E também não estou dizendo que não preciso de perdão, preciso sim. Muitas vezes, causamos feridas nos corações das pessoas, sem perceber... e para isso precisamos pedir a Deus que nos faça lembrar de tudo o que precisamos nos concertar. Devemos todos os dias pedir perdão a Deus pelos nossos pecados...

Amados, Deus quer trabalhar o perdão em nossos corações. Apresente diante de Deus tudo aquilo te incomoda aí no teu coração. Ore, e vamos pedir ao Espírito Santo que nos mostre todas as feridas do nosso coração, para que possamos perdoar.

Teus familiares, autoridades, amigos, irmãos da Igreja, não importa o que aconteceu, perdoe, pois Deus quer abençoar a tua vida!
Paula Rohrbarch Batista